Roteiros
26
Mar
2018
A Chapada Diamantina

A Chapada Diamantina

Quem começa a estudar a Chapada Diamantina logo se dá conta de que... não vai dar conta. É difícil tirar férias longas o suficiente para acomodar tantas cachoeiras, grutas, poços, riozinhos, trekkings e cidadezinhas pitorescas numa viagem só.

Mas não se preocupe. Se a Chapada for o seu número, você vai voltar outras vezes.

Numa primeira incursão, escolha a base que proporcione as experiências que mais se encaixam com o seu perfil, eventualmente complementando com um ou dois pernoites numa segunda base, num ponto oposto do parque.

Dispondo de uma semana (ou mais), você pode fazer um circuito com até três bases.

Se estiver de carro, é muito fácil rodar a Chapada por conta própria; você só vai precisar aderir a grupos nas trilhas.

 

 

Comente essa publicação